Do Lado de Dentro

          

Foto: reprodução/internet

Foto: reprodução/internet

   O mundo da música, composto por todo o seu efeito e magia, se torna cada vez mais impactante e audacioso ao longo do tempo. Exatamente como aconteceu com a música tradicional, o Jazz nascido nos Estados Unidos da América se tornou elemento modificador e assim construtor de belas estórias sobre paixão e ritmo.

            O som feito a partir de misturas e combinações de instrumentos foi uma das grandes características da música jazzista. Narrando a trajetória de alguns dos grandes nomes do jazz, BIRD traz às telas a sensação de leveza e vida que acompanham esse ritmo. Produzido e dirigido por Clint Eastwood, o filme conta a vida de Charlie Parker, saxofonista renomado e influenciador do jazz atual, de forma tão próxima que durante todo minuto nos sentimos pertencendo ao globo musical dos anos 40. A fase do Bebop traz, além da delicadeza presente nas batidas fortes, o contato intenso e sensual que recria na música todas as sensações puras do ser humano: amor, medo, sonho, vida, desejo e conhecimento. É nesse caminho de genialidade envolvente que Charlie “Yardbird” cresce e explora-se durante o longa.           

              Vivendo uma relação matrimonial decadente e abalado profundamente pela perda de uma filha, o músico, encarnado no filme pelo ator Forest Whitaker, mostra o quão difícil é sobreviver da música e da paixão que por ela é provocada. Mesmo em sua época de ouro, o jazz já tinha seu grupo destacado, tornando ainda mais difícil a adoção e a adoração de ritmos tão qual misturados em ambientes diferenciados. Em uma época de mudanças contínuas e quebras de paradigmas na veia artística americana, o jazz conseguiu aos poucos conquistar seu espaço em casas noturnas, quebrando, assim, questões tradicionalistas e colocando em cena o grande cenário financeiro americano, Nova York.

            (mais…)

Published in: on junho 21, 2009 at 3:37 pm  Deixe um comentário  
Tags: , , , , ,